quarta-feira, outubro 21, 2009

jazz...

Incrível como o jazz me acalma. Se a alma estiver perturbada, funciona como o melhor remédio de todos... fico quietinha como se tivessem me dado calmante. Reconfortante saber que existem tantas fontes alternativas para se relaxar, de forma que os tóxicos antes tão ovacionados (não por mim, sou nerd ok), não chegam nem aos seus pés.
Ouvir música boa sempre é melhor.
Ouvindo "Guess I'll Hang My Tears Out To Dry" eu de fato consigo me imaginar andando por uma calçada molhada de Nova York. Ah... que sonho...

Recomendo: "Quiet Nights", da Diana Krall e "Duets" do Frank Sinatra.

Nenhum comentário: