segunda-feira, julho 07, 2008

Superproteção da amizade


“I didn’t mean to hurt you

I’m sorry that I made you cry”

Esse negócio de superproteção é foda. O que eu posso dizer? Dói muito ver alguém que eu amo sofrendo. Então me dá vontade de pegar todo aquele sofrimento e tomar pra mim, ou pelo menos uma pequena parte, só pra aliviar um pouco a agonia daquela pessoa. Parece exagerado, mas ei... eu sou exagerada mesmo, faz parte do meu show.
Hoje eu acordei com dois roxos no braço, resultado de alguém que pegou muito forte no meu pulso pra me segurar, pra me frear. Porque eu queria sair correndo só pra tentar amenizar a minha revolta compartilhada nem que se fosse batendo num grande amigo meu, uma vez que nem ele nem ninguém vai entender o quanto dói ver sua melhor amiga chorando, senão você. Não é mesmo?
Eu sei que as pessoas acham que a gente não deve se meter nesse tipo de coisa, mas quando você ficar sozinho com um rombo enorme no coração, vai dar valor a quem dá na cara de quem te faz chorar.

Já sinto como se um pedaço do meu coração tivesse se perdido em algum lugar ou momento do passado, mais precisamente, de ontem.

Um comentário:

Rebecca Campos disse...

Mana,

POr mais que esse tenha sido um episódio ´(já nem tão singular em nossas vidas) chato para nós duas, ainda assim eu me sinto na obrigação de agradecer.
Agradecer por vc ser minha amiga, por estar sempre ali, sabe mesmo me superprotegendo de qq coisa que seja.
É por isso que eu falo, sem vergonha nenhuma que eu te amo demais. Já nem sinto que você seja minha irmã só por ser minha melhor amiga, mas sim que você é minha irmã de verdade, parte da minha família e que está pra sempre no meu coração.

Não saio mais de perto de vc.. nunca mais mesmo. E te juro, que se fosse the other way round nesse história eu teria feito a mesma coisa. Porque pra mim, você vale mais. E depois quando tudo terminar (se terminar) quem vai estar ao seu lado sou eu e vice-versa.

Sorry pro nosso amigo. Gosto muito dele também. Mas família comes first.

Te amo, meu filho.

beijos da sua irmã.
E obrigada mais uma vez