quinta-feira, junho 05, 2008

She wants revenge

Todo mundo acredita ter bom gosto, claro. Essa é uma das poucas e mais certas demonstrações de amor próprio que uma pessoa pode ter. Quem é que diz "ah, peguei aquele cara tenebroso porque tenho mau gosto..." - Ninguém, não é?
Então, eu sei que tenho bom gosto. Em vários aspectos. Com certeza, meus pretendentes estão incluídos nessa lista. A gente perde o interesse por gente do passado, isso é normal, mas quando as pessoas estão em evidência pra gente, é porque as consideramos interessantes o suficiente pra isso. Ainda bem que o mundo é grande, o ser humano tem gostos diferentes e então há muito para todos.

Será?

Não tenho mais tanta certeza disso. Tá certo que Manaus é uma cidade pequena e as opções são restritíssimas (pelo menos pra mim, que sou exigente), agora ter o meu bom gosto como fator determinante para que compor o SEU repertório... ah, isso aí é chega a ser engraçado. Imagine a situação: dar preferência total e absoluta a pessoas que já tiveram algo comigo. Ou mesmo ir atrás dessas pessoas justamente por causa disso.
Imaginou? Pois é, não se trata só de imaginação. É realidade. E é engraçado, pra não dizer ridículo. De alguma forma deve ser um chamariz, um status ou implicância boba.
Sociedade de empresas velhas, não me importo. Eu sei que eles são fodas (ou pelo menos foram quando estavam comigo), por isso você gostou deles. Só mantenha tanta "paixão" longe de quem está comigo no presente, certo?
Que aí sai do engraçadinho pro revoltante e eu sou meio escandalosa :)

beijonãomeliga.

13 comentários:

é irrelevante disse...

Eu diria que você se superestima, e talvez isso até seja uma outra forma de auto-afirmar seu amor próprio, mas... Seriously? O mundo não gira ao seu redor, os fatos ficam cada vez mais absurdos, mas em sua maioria são apenas coincidências. E cá entre nós, às vezes as pessoas se passam por ridículas por pura ingenuidade, mas não deixa de ser ridículo pra quem vê de fora.
Dá uma folga pro seu ego e vê o que acontece.

Camelo disse...

a auto-afirmação se torna maior todos os dias (praticamente) graças a minha página de visitantes do orkut, né?

keep off, stalker! credo!

n disse...

Eu acho engraçado esse lance de orkut. Não sei se TU notaste, mas esse "praticamente todo dia" se tornou "nunca mais" assim que não era mais engraçado assistir aos episódios do filme de sessão da tarde do qual você participou, até porque eu mesma não participo mais dele. E "numa boa", eu costumava admirar certas coisas na sua pessoa mesmo sem te conhecer, mas nem imaginava que tu tinhas um ego tão inflado assim. E a propósito, pensa direito na ordem cronológica dos fatos, já que isso é tão absurdamente importante pra ti. Pior coisa é afirmar uma inverdade.
E nem precisa pedir, não visitarei mais seu orkut (como não o tenho feito), muito menos isso aqui.
That's it!

Rebecca Campos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rebecca Campos disse...

Eu sinceramente não acho que seja uma questão de ego.
Se uma pessoa realmente admira alguma coisa em uma outra, o mínimo que ela faz é se aproximar e talvez tentar ser amiga(o)... Acho louvável que se admire alguém, coisa que é totalmente diferente de visitas em profiles de orkut, amizades com pessoas relacionadas, leituras em blogs. Pra se doer com tais fatos, no mínimo a pessoa deveria estar "antenada" no que está acontecendo na vida da outra. E qual a razão de tudo isso?
Se não for infantilidade, qual a razão?
O mínimo que se pode pensar é que se tem alguém por aí que te persegue ou está sempre perto de você por alguma razão que não se sabe.
Assusta e irrita, sabe?
Não é questão de ego. É porque incomoda, babe.

E não é que a vida de certas pessoas seja importante pros outros a ponto de se tornar um "filminho de sessão da tarde"...
As pessoas vivem as suas vidas da maneira que bem entendem, fazem o que bem querem e sem pensar o que outrem vai achar... assiste quem quer. E se tem gente incomodada é porque tá dando ibope.

Espero não ter que assistir cenas do próximo capítulo.
Acho que já deu né?

matheus disse...

A minha sessão da tarde deve ser a mais interessante de todas, com os protagonistas mais bonitos e o roteiro mais bem escrito. Tanto, que ela quer pleitear um "vale a pena ver de novo" pra ela.

E a carapuça serviu direitinho, hein? Precisou nem pegar um número pra criança (até pq seria o único que caberia).

matheus disse...

by the way, fui eu que assinei, só to no pc de outrem. (stay away!)


Loyana.

Rebecca Campos disse...

Tá bombando isso aqui.
Próximo passo:

Vamos chamar a Márcia Goldsmith?

;D

Camelo disse...

bora, mana! qual seria o tema do programa?

"ELA QUER MINHA VIDA AMOROSA PRA ELA"

ehuaieheuihaeiuaeae
engraçado e ridiculo, como a realidade

Rebecca Campos disse...

"Márcia, essa menina me persegue, Márcia!"
(legenda que aparece embaixo da tela)

Márcia: e hoje não percam no nosso programa: menina que perseguer a outra. Fique aí. Ela tem um segredo pra contar! É já, já! Depois dos comerciais!

Renata Paula disse...

essa galera gosta de assistir televisão ne?

eh questao de ego sim, e o que mal tem nisso? é que a demanda pede assim.. só se produz muito se ha mt a consumir..

vão dar porra! beber.. fumar maconha e ficar doido!

Katy disse...

temos quanto tempo diretor?

ok, depois dos nossos patrocinadores voltamos já já

Rebecca Campos disse...

q baixaria!
huahuahuahuahuahuahua