terça-feira, junho 26, 2007

Endless way home

Eu disse que era uma semana. UMA semana.
Não sei se o tempo me ludibriou ou se o coração ludibriou o tempo ou se o coração me ludibriou. Mas alguém se confundiu aí com certeza.
Agora, as tardes ociosas têm até trilha sonora. Me dá uma vontade louca de cantar música brega! Não que seja propriamente música de brega, mas aquele tipo de música que perpetua o style brega sem ser deste ritmo. D'u know what I mean?

Tipo...

"My love... there's only you in my life... the only thing that's right"

Cores que se perdem, cenários que se distorcem, oceanos que secam. Nuvens cinzas que cobrem o sol. Existe uma única palavra que martela na minha cabeça. Aquela. Simplesmente, ela não me deixa em paz. Devo considerar isso como um aviso de despejo. Só pode ser isso.

Não sei, acho que tô virando emo.


posted by: Loy*
ouvindo: Lionel Richie, o rei da rádio cidade.

4 comentários:

Anônimo disse...

Trilhas sonoras durante a tarde? Isso me reporta a não muito longe no tempo, a uma semana atraz, quando estava tudo azul, agora tudo se cobre de nevoa, ou seja, não enxergo um palmo na minha frente, já devia estar acostumado com isso, e isso não é ser pessimista, é ser realista, e a realidade é que procurar essa peça no quebra-cabeças e como procurar uma agulha no palheiro, não é impossivel, mas é improvavel que a ache, mas continuo a minha procura, as vezes com mais veremencia, e as vezes com "des_lexo".

Bom sem mais....continuo a minha vidinha, com muita trilha sonora.

E quem sabe você já passou para a categoria de EMO e nem percebeu?

Boa quinta-feira.

;)

Anônimo disse...

Quanto mais o tempo passa, e quando penso que você realmente saiu de meus
pensamentos, sou surpreendido por um turbilhão de sentimentos, sonhos e
pensamentos que me remetem a você, na maioria das vezes em forma de sonho, e
nesses sonhos sempre me encontro numa discussão sem fim, o engraçado é que
nunca brigamos, talvez por isso deixamos de nos dizer muita coisa, coisas essas
que ainda estão latentes. Devo encarar esses pensamentos como um sinal, de que
devo procura-la? Ou será que tenho pensado nisso ultimamente pelo fato de um
casamento marcado?
Bem , seria um clichê de filme “Hollywoodiano” eu perante uma igreja cheia de
parentes meus e seus (pois nossas famílias como você bem sabe nossas famílias
são muito amigas até hoje):

- Fale agora, ou cale-se para sempre!

......

Eu sou um covarde mesmo, nem mesmo força eu tenho para reivindicar o que quero!

AH! Se tivesse uma maquina do tempo....

Supernova disse...

Já, tá na hora de colocar o nome!

Anônimo disse...

Tah tah,,,,no proximo post eu prometo que coloco o nome....


sem crize...

bjs e bom fim de semana